Superávit comercial recorde da Alemanha indica 3º trimestre forte

segunda-feira, 8 de setembro de 2014 10:13 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A Alemanha divulgou um superávit comercial recorde de 22,2 bilhões de euros em julho, sugerindo que a maior economia da Europa pode ter forte recuperação no terceiro trimestre após sofrer uma inesperada contração no segundo.

Dados ajustados sazonalmente da Agência Federal de Estatísticas mostraram que as exportações saltaram 4,7 por cento, para 98,2 bilhões de euros, o maior volume de bens e serviços que a Alemanha já exportou em um único mês. Esta foi a alta mais forte nas exportações desde maio de 2012, superando com facilidade expectativas de um modesto crescimento de 0,5 por cento.

Após dados de julho que mostraram que a produção industrial e as encomendas saltaram, os números de comércio sugerem que a economia alemã conseguirá contornar uma recessão técnica no terceiro trimestre após a contração de 0,2 por cento no período de abril a junho.

"Aparentemente a demanda dos Estados Unidos e do Reino Unido está mais que compensando qualquer fraqueza das exportações alemãs à Rússia, então estes temores de que as exportações da Alemanha se reduziriam a nada foram claramente exagerados", disse o economista sênior do ING Carsten Brzeski.

As importações recuaram 1,8 por cento, contra expectativa de queda de 0,1 por cento.

(Por Michelle Martin)