Safra de soja do Brasil 14/15 estimada em recorde de 95,1 mi t

segunda-feira, 8 de setembro de 2014 16:34 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A ocorrência de um El Niño fraco e o aumento da área da área plantada deverão levar o Brasil a uma colheita recorde de soja em 2014/15 de 95,1 milhões de toneladas, enquanto o cenário de ampla oferta deverá reduzir drasticamente a rentabilidade dos produtores, previu nesta segunda-feira a Agroconsult em teleconferência com a imprensa.

A área destinada à oleaginosa deverá atingir 31,6 milhões de hectares no plantio que começa em poucas semanas, em uma estimativa considerada "bastante consolidada", representando um crescimento de 5 por cento ante 2013/14, projetou a consultoria.

Na temporada anterior, a produção atingiu a marca histórica de 87,8 milhões de toneladas, apesar do impacto da seca em Estados como o Paraná, disse a Agroconsult.

"Anos de El Niño são anos em que a produtividade está muito próxima dos recordes de produtividade alcançados", disse o analista Marcos Rubin, ao mostrar cruzamento de dados históricos de produção e ocorrência do fenômeno climático provocado pelo aquecimento da superfície do oceano Pacífico, que provoca aumento das chuvas de verão no Brasil, especialmente no Sul.

Os modelos climáticos sugerem 55 a 60 por cento de probabilidade de condições de El Niño entre setembro e novembro, chegando a até 70 por cento entre novembro e fevereiro, mas um evento fraco parece mais provável, disse nesta segunda-feira a Organização Meteorológica Mundial.

A ampla colheita no Brasil deverá se combinar a uma safra cheia na Argentina e uma produção recorde nos Estados Unidos, elevando os estoques globais.

Os estoques de passagem --estimados pela Agroconsult para o mês de fevereiro-- deverão atingir 56 milhões de toneladas em 2014/15, contra 38 milhões em 2013/14 e 28 milhões em 2012/13 (menor volume pelo menos desde 2009/10).

A relação entre estoques e uso no mundo deverá saltar para 30 por cento em 2014/15, ante 24 por cento em 2013/14.

Nesse cenário, os preços de referência da soja na bolsa de Chicago deverão ficar na média de 11 dólares por bushel em 2014/15. Atualmente, o contrato de referência da nova safra norte-americana, que começa a ser colhida em poucas semanas, está sendo negociado pouco acima de 10 dólares.   Continuação...