Chuvas inundam mais de 1 milhão de hectares de trigo na Argentina

terça-feira, 9 de setembro de 2014 18:33 BRT
 

Por Maximiliano Rizzi

BUENOS AIRES (Reuters) - A safra de trigo da Argentina da temporada 2014/15 poderá sofrer graves perdas devido às fortes chuvas que deixaram debaixo d'água mais de um milhão de hectares no centro agrícola do país, cerca de 30 por cento a área dedicada ao cereal, afirmaram especialistas nesta terça-feira.

O excesso de água, com o dobro de precipitações que seriam normais na região no inverno, ameaça também o gado e pode atrasar o plantio de soja e milho, as duas principais culturas de um dos maiores exportadores de alimentos do mundo.

"Na província de Buenos Aires (o maior distrito agropecuário do país), claramente é um problema que está instalado", disse à Reuters o ministro da Agricultura, Carlos Casamiquela.

A Argentina tradicionalmente é o principal fornecedor de trigo para o Brasil, que importa cerca de metade de seu consumo anual.

"Temos quase metade da província inundada", disse a uma rádio local o governador da província de Buenos Aires, Daniel Scioli.

O governo regional declarou estado de emergência em mais de 50 distritos, o que permite a liberação de benefícios fiscais para as áreas afetadas.

Os agricultores argentinos plantaram cerca de 4 milhões de hectares de trigo na temporada 2014/15, área menor que a inicialmente estimado, devido ao excesso de umidade nos campos que impediu a implantação em algumas áreas.

As chuvas também deixaram debaixo d'água estradas rurais e muitas cabeças de gado.   Continuação...