General Motors reestrutura sua operação na Índia e revê portfólio

quinta-feira, 11 de setembro de 2014 13:37 BRT
 

NOVA DELHI (Reuters) - A General Motors está reestruturando sua operação na Índia e avaliando seu portfólio de produtos, disse a empresa norte-americana na quinta-feira, enquanto tenta recuperar as vendas em queda e aumentar a sua participação na terceira maior economia da Ásia.

"Há muitos aspectos do negócio que temos de trabalhar para ter certeza de que são eficientes", disse a presidente-executiva da empresa, Mary Barra, a jornalistas, em Nova Delhi, acrescentando que a Índia é importante para o sucesso global da GM.

"O que estamos avaliando aqui é qual é o portfólio de produtos certo", disse Barra. A expectativa é que a Índia se torne o terceiro mercado mundial de veículos de passageiros até 2018, ante o sexto lugar de hoje, de acordo com o IHS Automotive.

A GM planeja lançar 40 novos produtos na Índia e em outros mercados internacionais excluindo a China, América do Norte e Europa, disse Barra, sem dar um cronograma específico.

Apesar de um portfólio que inclui carros compactos, favoritos entre os compradores na Índia, a GM tem enfrentado forte concorrência da coreana Hyundai Motor, da japonesa Honda Motor e da indiana Maruti Suzuki, que juntas respondem por dois terços das vendas de automóveis no país.

A GM, que entrou na Índia em 1994, viu a sua participação de mercado cair para 3,2 por cento no ano fiscal encerrado em 31 de março, ante 3,3 por cento no ano anterior.

(Por Aditi Shah)