USDA eleva previsão de colheita e exportação de soja do Brasil em 2014/15

quinta-feira, 11 de setembro de 2014 15:07 BRT
 

(Reuters) - O Brasil deverá consolidar-se como maior exportador global de soja em 2014/15, superando os embarques da temporada passada, mostraram previsões divulgadas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) nesta quinta-feira.

A vendas externas da oleaginosa do Brasil deverão atingir 46,7 milhões de toneladas na nova temporada, superando a projeção de agosto de 45 milhões de toneladas e o volume de 2013/14, de 46,4 milhões.

Os Estados Unidos, que preparam-se para colher uma safra recorde nos próximos meses, deverão embarcar 46,27 milhões de toneladas em 2014/15, contra 44,77 milhões na temporada passada.

O aumento nas estimativas de exportações brasileiras foram favorecidos por uma nova previsão de colheita no país: o USDA disse nesta quinta que a safra será de 94 milhões de toneladas, contra 91 milhões do relatório de agosto.

Em relação ao milho, o Brasil deverá colher 75 milhões de toneladas em 2014/15, segundo ano de redução na produção após um recorde de 81,5 milhões de toneladas em 2012/13.

Em agosto, o USDA previa uma safra de 74 milhões de toneladas de milho no Brasil.

O país reduzirá suas exportações também pelo segundo ano consecutivo, após um recorde de 24,95 milhões de toneladas em 2012/13, temporada em que uma seca reduziu drasticamente a oferta dos EUA, maior fornecedor global do cereal.

As exportações de milho do Brasil foram mantidas em 20 milhões de toneladas, volume estável ante o relatório de agosto, e abaixo dos 21,5 milhões de toneladas de 2013/14.

(Por Gustavo Bonato, em São Paulo)