Prumo diz que GE Oil & Gas decidiu rescindir contrato para unidade no Porto do Açu

sexta-feira, 12 de setembro de 2014 10:12 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Prumo Logística (ex-LLX) disse que foi informada pela GE Oil & Gas do Brasil da decisão de rescindir contrato firmado com a companhia em 2012 para instalação de uma unidade industrial no Porto do Açu, segundo fato relevante divulgado nesta sexta-feira.

A Prumo acrescentou que, desde sua assinatura, o contrato não havia gerado receita de aluguel recorrente, uma vez que as condições impostas para o início do pagamento não haviam sido implementadas.

Em comunicado separado, a Prumo também informou nesta sexta-feira que exerceu seu direito de rescindir o contrato de locação celebrado em novembro de 2010 entre a sua subsidiária LLX Açu Operações Portuárias, a UTE Porto do Açu Energia e a Eneva devido à não observância de condições comerciais.

(Por Priscila Jordão; Edição de Marcela Ayres)