China assina contratos de compra 4,8 mi t de soja dos EUA

terça-feira, 16 de setembro de 2014 11:48 BRT
 

CHICAGO (Reuters) - Uma delegação comercial chinesa assinou contratos com exportadores norte-americanos para a compra de 4,8 milhões de toneladas de soja avaliadas em 2,3 bilhões de dólares, após uma turnê de uma semana no país, disse o Conselho de Exportação de Soja dos EUA nesta terça-feira.

Os 21 contratos de compra foram assinados na segunda-feira à noite durante uma conferência de comércio global patrocinada pelo conselho em Milwaukee, Wisconsin.

Estas missões de rotina para compras ocorrem anualmente, refletindo a enorme demanda da China por grãos no mercado global, disseram operadores.

A China, maior compradora de soja do mundo, adquiriu 28 milhões de toneladas de soja dos Estados Unidos durante a temporada 2013/14, ou 60 por cento de todas as vendas norte-americanas.

Com ou sem os acordos, a China deverá comprar cerca de 30 milhões de toneladas de soja dos EUA durante a temporada 2014/15, que começou em 1º de setembro.

Acordos de compra, ou cartas de intenção, não são contratos de venda vinculantes, mas são tradicionalmente honrados por parceiros comerciais, disseram operadores.

Alguns exportadores declaram os acordos para o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), e em seguida eles são relatados nos relatórios oficiais de vendas do órgão.

A assinatura de acordos um ano atrás levou o USDA a relatar sua maior venda de exportação em um dia durante a temporada 2013/14, quando o mercado informou à agência vendas de soja de 2,112 milhões de toneladas em 18 setembro de 2013.

A excursão da delegação esta semana coincidiu com um relatório do USDA na quinta-feira, de grandes vendas de soja em um único dia, de 810 mil toneladas, incluindo 240 mil toneladas de soja dos EUA para a China. Outros 210 mil toneladas de soja dos EUA foram para destinos desconhecidos e 360 mil toneladas de soja para a China tinham origem opcional.

(Por Christine Stebbins)