Não se deve dar muita atenção às oscilações do euro, diz ministro alemão

terça-feira, 16 de setembro de 2014 15:16 BRT
 

Por Annika Breidthardt e Gernot Heller

BERLIM (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) garantiu que a Alemanha não está tentando manipular o euro, disse à Reuters o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, nesta terça-feira, acrescentando que não está preocupado com recentes oscilações recentes na taxa de câmbio da moeda.

"O presidente do BCE confirmou na minha presença em Milão (no fim de semana) que o BCE está com certeza cumprindo os acordos que fizemos no âmbito do G7 e do G20", disse Schaeuble em entrevista.

"Não há manipulação da taxa de câmbio".

Na terça-feira, a França reforçou pedidos por uma nova depreciação do euro em relação ao dólar, implicando que o BCE deveria desvalorizar a moeda comum para estimular a economia.

"Ainda me lembro da discussão de algumas semanas atrás, quando o euro, a 1,39 dólares, estava no mínimo um pouco alto demais. Agora ele está a menos de 1,30 dólares ... Essa é a margem que existe nos mercados", disse.

"Não se deve dar muita relevância a isso, nem no sentido positivo nem no negativo".

Autoridades de bancos centrais da zona do euro têm explicitado a necessidade de um euro mais fraco para impulsionar a economia do bloco, que estagnou no segundo trimestre e está flertando com a deflação.

Tais comentários muitas vezes provocam temores de que os esforços de um país para se tornar competitivo poderiam desencadear uma corrida para desvalorizar moedas, recorrendo ao protecionismo.   Continuação...