BCE oferece crédito barato a bancos para impulsionar economia

quinta-feira, 18 de setembro de 2014 09:31 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) ofereceu os primeiros de seus novos empréstimos de quatro anos a bancos nesta quinta-feira, a principal ferramenta do novo pacote de estímulo para evitar a deflação e a reanimar a economia da zona do euro.

A tomada da oferta de 400 bilhões de euros em crédito barato pelo banco central da zona do euro foi baixa, mas os bancos terão uma segunda chance em dezembro para se candidatarem ao dinheiro, que é concedido sob a condição de que emprestem a empresas.

Com o lançamento do esquema, uma plataforma central dos esforços do BCE para convencer os bancos a emprestarem mais, o BCE distribuiu 82,6 bilhões de euros em crédito a 255 bancos.

O sucesso do projeto é importante para os 18 países na zona do euro, que lidam com desemprego recorde e queda do crescimento econômico.

Mas rodadas anteriores de empréstimos ultrabaratos do BCE e fizeram pouco para impulsionar o empréstimo a empresas, com a maior parte do dinheiro em vez disso gasto em dívida do governo. Críticos temem que o novo esquema tenha um destino semelhante.

Muitos bancos mostraram-se relutantes em participar da rodada desta quinta-feira, possivelmente temendo que isso pudesse mostrá-los em dificuldades poucas semanas antes dos resultados da avaliação das condições do setor liderada pelo BCE ser anunciada.

(Por Eva Taylor e John O'Donnell)

 
Nova sede do Banco Central Europeu em Frankfurt. 11/09/2014 REUTERS/Ralph Orlowski