Grupo italiano de luxo Prada vê lucro semestral cair 20,6%

sexta-feira, 19 de setembro de 2014 09:59 BRT
 

HONG KONG, 19 Set (Reuters) - O grupo italiano de bens de luxo Prada divulgou uma queda de 20,6 por cento no lucro líquido do primeiro semestre, impactado pela lenta demanda dos consumidores em meio a um cenário econômico incerto e taxas de câmbio desfavoráveis​​.

A fabricante de artigos de couro de luxo e vestidos da grife Miu Miu disse nesta sexta-feira que seu lucro líquido para os seis meses encerrados em julho foi de 244,8 milhões de euros(314,9 milhões de dólares), abaixo dos 308,2 milhões de euros de um ano antes.

Já o lucro líquido do segundo trimestre foi de 139,5 milhões de euros, de acordo com cálculos da Reuters, ficando abaixo da previsão média de analistas de 172,7 milhões. A cifra se compara a um lucro líquido de 170,1 milhões um ano antes e de 105,3 milhões no trimestre anterior.

As ações da Prada na bolsa de Hong Kong caíam 1,3 por cento às 09h04 (horário de Brasília).

A desaceleração na China, outrora o motor de crescimento do setor, atingiu lucros em toda a empresa de produtos de luxo.

A LVMH tem visto uma queda na demanda dos consumidores chineses em seu mercado doméstico e no exterior, bem como uma desaceleração em Hong Kong devido à instabilidade política, disse o maior grupo de luxo do mundo em julho após divulgar resultados trimestrais de vendas e lucro abaixo das expectativas.

(Por Donny Kwok e Meg Shen)