RBS descarta planos para se mudar ao sul após Escócia votar a favor de união

sexta-feira, 19 de setembro de 2014 11:31 BRT
 

LONDRES, 19 Set (Reuters) - O Royal Bank of Scotland (RBS) disse que descartou seus planos de mudar seu domícilio para a Inglaterra depois que escoceses votaram a favor de continuar parte do Reino Unido.

O RBS foi um dos cinco bancos que haviam dito que relocariam suas sedes ou operações para a Inglaterra se os escoceses houvessem se decidido pela independência.

"O anúncio que havíamos feito sobre mudar nosso domicílio para a Inglaterra foi parte do plano contingencial para assegurar a confiabilidade e a estabilidade para nossos clientes, funcionários e acionistas se o voto fosse um 'Sim'. Esse plano de contingência já não é mais necessário", disse um porta-voz do banco.

"Após o resultado, os negócios seguem normalmente para todos nossos clientes no Reino Unido e RBS".

(Por Steve Slater)