CENÁRIOS-Máquinas e armazenagem sentirão impacto de margens apertadas para soja

sexta-feira, 19 de setembro de 2014 17:23 BRT
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO (Reuters) - O baixo volume de soja comercializada antecipadamente e as perspectivas de menores rentabilidades previstas para a safra 2014/15 no Brasil, que está começando a ser plantada, deverão reduzir o ímpeto de investimento dos produtores e impactar indústrias como as de maquinário e de armazenagem nos próximos meses, disseram especialistas.

Os preços da oleaginosa vêm despencando no mercado internacional nos últimos meses, em meio a perspectivas de colheitas recordes nos Estados Unidos e no Brasil, e já operam no menor patamar em mais de quatro anos.

Muitos produtores já sentiram que os preços oferecidos para a nova safra no Brasil serão menores. E se retraíram.

"Em níveis médios, é um ano de muito aperto, de evitar qualquer tipo de investimento que possa ser adiado", disse o presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja MT), Ricardo Tomczyk.

Nos últimos dias, mesmo com o dólar batendo a maior cotação em seis meses ante o real, os negócios seguem travados, devido aos preços oferecidos. Cerca de 10 por cento da safra 2014/15 está comercializada antecipadamente, contra 25 por cento das vendas da safra 2013/14 um ano atrás, e 22 por cento da média histórica para o período, segundo estimativa da França Junior Consultoria.

"Os custos de plantio estão a descoberto, o que não é uma prática comum. Este ano foi muito atípico. O produtor se retraiu porque não via um mercado interessante, e o mercado só piorou", acrescentou Tomczyk.

Os efeitos do aperto de rentabilidade já vêm sendo percebidos nas concessionárias de máquinas agrícolas no interior do país.

"O produtor sente que a perspectiva nos próximos meses é de retração. Ele está querendo ver o que vai acontecer, ele se resguarda", contou à Reuters Renato Granato, gerente para Mato Grosso da Agro Amazônia, uma das maiores redes de revendas de máquinas agrícolas do Estado, o maior produtor de soja do Brasil.   Continuação...