Cenário europeu difícil pressiona resultados da TNT Express

segunda-feira, 27 de outubro de 2014 11:08 BRST
 

AMSTERDÃ (Reuters) - A companhia holandesa de logística TNT Express emitiu um novo alerta sobre o impacto da competição e do fraco crescimento em seus principais mercados, menos de dois meses após fazer um alerta sobre um aperto nas margens.

Após divulgar um prejuízo operacional de 47 milhões de euros no terceiro trimestre, exacerbado por uma provisão de 50 milhões de euros sobre acordo envolvendo multa emitida por autoridades francesas de defesa da competição, o grupo de correios e transporte disse que não espera muito alívio durante o restante do ano.

Os comentários da empresa podem ter um significado econômico mais amplo já que o setor de logística é visto como indicador do estado da economia, sendo sensível ao planejamento futuro e compras de estoques por companhias.

"Quando olhamos para nossos principais países na Europa Ocidental - Reino Unido, França, Itália, Alemanha, Bélgica, Países Baixos, Luxemburgo - vemos um ambiente desafiador", disse o vice-presidente financeiro Maarten de Vries.

"Vemos maior competição, especialmente em nossos mercados domésticos do Reino Unido, França e Itália, como também pressões de preço nestes mercados", disse de Vries, acrescentando que a companhia precisa retomar investimentos para melhorar sua competitividade.

Os resultados na Ásia, no Oriente Médio, África e no Brasil, no entanto, podem mostrar desempenhos "significativamente" melhores para o ano inteiro do que em 2013, disse a companhia.

A TNT teve prejuízo operacional de 47 milhões de euros sobre receita de 1,65 bilhão, queda de 2 por cento ante o ano anterior, mas à frente da estimativa de 1,59 bilhão de euros de analistas em pesquisa da Reuters.

A empresa teve lucro ajustado de 50 milhões de euros se custos incluindo a multa na França, bem como encargos de reestruturação e impactos de câmbio e depreciação forem desconsiderados, afirmou a TNT.