Ações na Europa fecham em queda por realização de lucros após testes do BCE em bancos

segunda-feira, 27 de outubro de 2014 17:06 BRST
 

Por Blaise Robinson e Sudip Kar-Gupta

PARIS/LONDRES (Reuters) - O índice de ações europeu recuou nesta segunda-feira, com investidores embolsando lucros após a avaliação do Banco Central Europeu (BCE) dos bancos da região e a queda da confiança empresarial da Alemanha para o menor nível em quase dois anos.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, recuou 0,59 por cento, a 1.305 pontos. Na semana passada, o índice subiu 2,5 por cento, tendo a maior alta semanal desde dezembro de 2013.

A maioria das ações de bancos da zona do euro fechou a sessão em território negativo, remetendo aos grandes ganhos feitos à espera da revisão do BCE.

"Comprar no boato, vender na notícia: foi isso que vimos hoje. De uma maneira geral, os resultados dos testes do BCE são positivos, mas o rali já tinha acontecido", disse o analista da FXCM Vincent Ganne.

Entre as poucas altas, ações dos austríacos Erste Group Bank subiram 3,5 por cento e Raiffeisen Bank International tiveram ganho de 2,1 por cento. Ambos passaram no teste de estresse.

O índice STOXX de bancos da zona do euro caiu 2,3 por cento, depois de subir 14 por cento desde meados de outubro.

Os papéis do espanhol BBVA, do francês Societe Generale e do alemão Deutsche Bank --que passaram nos testes-- terminaram a sessão com quedas de 1,5 por cento a 2,8 por cento.

De uma maneira geral, os resultados dos testes foram considerados positivos por analistas e gestores de fundos.   Continuação...