IGP-M acelera alta a 0,28% em outubro, com preços agropecuários

quinta-feira, 30 de outubro de 2014 08:54 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) avançou 0,28 por cento em outubro, após subir 0,20 por cento no mês anterior, pressionado pela aceleração dos preços produtos agropecuários, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta quinta-feira.

A expectativa em pesquisa da Reuters era de alta de 0,20 por cento do indicador em outubro. Na segunda prévia do mês, o IGP-M havia avançado 0,13 por cento.

Segundo a FGV, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) --que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral-- acelerou a alta a 0,23 por cento em outubro, após 0,13 por cento em setembro.

Neste caso, uma dos destaques foram os Produtos Agropecuários, cujos preços avançaram 0,90 por cento, após alta de 0,10 por cento no mês anterior. Neste período, os preços do café em grão avançaram 7 por cento, sobre 3,36 por cento, enquanto que os de tomates cresceram 24,41 por cento, após terem recuado 11,55 por cento em setembro.

Diante de sinais de mais pressão sobre a inflação, o Banco Central surpreendeu na noite passada e elevou a Selic para 11,25 por cento.

Segundo a FGV, o Índice de Preços ao Consumidor, com peso de 30 por cento no IGP-M, avançou 0,46 por cento, frente à alta de 0,42 por cento em setembro.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), por sua vez, subiu 0,20 por cento em outubro, contra 0,16 por cento no mês anterior.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel de imóveis.

(Por Camila Moreira)