ONS tem perspectiva preliminar de represas do Sudeste a 17% no fim de novembro--fontes

quinta-feira, 30 de outubro de 2014 16:11 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema (ONS) tem perspectiva preliminar de que o nível das represas de hidrelétricas da região Sudeste no final de novembro será de 17 por cento, enquanto no Nordeste o patamar poderá ficar em 12 por cento, afirmaram fontes do setor próximas do assunto nesta quinta-feira.

A expectativa preliminar do ONS é que as chuvas no Sudeste fiquem entre 62 e 65 por cento da média histórica para o mês e que, no Nordeste, a pluviosidade poderá ser de 56 por cento da média, disse uma das fontes.

O ONS discute com agentes do setor elétrico o panorama de operação da infraestrutura elétrica brasileira para novembro em reunião que começou nesta quinta-feira e deve ser concluída na sexta-feira, com a divulgação das projeções oficiais reunidas no relatório Programa Mensal de Operação (PMO).

Atualmente, o nível dos reservatórios das hidrelétricas no Nordeste está a 16,46 por cento de armazenamento, e no Sudeste, a 19,54 por cento. No Sudeste, o nível é pior que o registrado ao final de outubro de 2000, ano pré-racionamento, e especialistas do setor tem alertado que há grande risco de racionamento em 2015 se não chover perto das médias históricas durante o período úmido.

Segundo a mesma fonte, a hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, está com sua segunda fase totalmente desligada pela falta de chuvas e o rio São Francisco está tendo vazão poupada pelo seu baixo nível, afetando a geração das hidrelétricas nele localizadas.

A perspectiva preliminar do ONS é que o fenômeno El Niño, que ajuda na formação de chuvas, se manifeste de maneira fraca no início do período úmido e que se intensifique entre os meses de novembro e janeiro, disse a fonte.

Uma segunda fonte que acompanha informações da reunião disse que dados preliminares apresentados nesta quinta-feira não tendem a sofrer grandes alterações até a divulgação das perspectivas oficiais na sexta-feira.

ATENDIMENTO DA PONTA E PREÇO   Continuação...