Wall St sobe com dados do PIB, balanços e compras de fundos

quinta-feira, 30 de outubro de 2014 19:27 BRST
 

Por Rodrigo Campos

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos terminaram em alta nesta quinta-feira, impulsionados pelo forte crescimento da economia do país e por mais uma rodada de divulgação de balanços positivos, incluindo o da Visa.

O índice Dow Jones subiu 1,3 por cento, a 17.195 pontos, enquanto o S&P 500 teve ganho de 0,62 por cento, a 1.994 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq subiu 0,37 por cento, a 4.566 pontos.

Apesar dos dados positivos e do comunicado do Federal Reserve de quarta-feira indicando que a economia está se fortalecendo, ganhos no S&P 500 foram impulsionados por empresas de saúde e de serviços públicos, tradicionalmente setores defensivos.

Analistas citaram compras de fundos mútuos de ações com melhor performance nesses setores, uma vez que os fundos fecham suas carteiras para o ano ao final deste mês. Os índices do setor de saúde e de serviços públicos têm alta de quase 20 por cento no ano.

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a uma taxa anual de 3,5 por cento no terceiro trimestre, superando as expectativas. Um relatório separado mostrou que os novos pedidos de auxílio-desemprego cresceram marginalmente na última semana, mas uma medida de tendência atingiu o menor patamar desde maio de 2000, mostrando força do mercado de trabalho.

Além dos balanços e dos dados econômicos, agentes do mercado citaram uma reportagem do jornal Nikkei que confirmou a expectativa de que o fundo de pensão do governo do Japão, considerado um guia para outros investidores institucionais locais, vai diminuir posições de títulos japoneses e aumentar sua posição em ações locais e estrangeiras.

"Quanto mais você ouve que a demanda por ações está aumentando globalmente, mais positivo fica o cenário para as ações norte-americanas", disse Quincy Krosby, estrategista de mercado na Prudential Financial, em Nova Jersey.

As ações da Visa subiram 10,2 por cento, a 236,65 dólares, a maior influência de alta no Dow Jones e no S&P 500, um dia depois de divulgar lucro ajustado que superou as expectativas e dizer que a indústria de pagamentos móveis será um "grande motivador" para os negócios.   Continuação...