Ryanair eleva projeção de lucro com salto em reservas para inverno europeu

segunda-feira, 3 de novembro de 2014 09:20 BRST
 

DUBLIN (Reuters) - A Ryanair elevou sua projeção de lucro anual em quase 20 por cento nesta segunda-feira, graças a um salto nas reservas para o inverno no hemisfério norte, e disse que irá cortar o preço das passagens em até 10 por cento para tirar mais participação de mercado das rivais em dificuldades.

A nova projeção veio após a maior companhia aérea de baixo custo da Europa ter cortado preços, melhorado seu website e impulsionado seu orçamento de marketing depois que o presidente-executivo Michael O'Leary admitiu que cortes de custos excessivos estavam afastando consumidores.

A companhia agora estima um lucro após impostos para o ano até março entre 750 milhões a 770 milhões de euros, ante projeção anterior de 620 milhões a 650 milhões de euros e muito acima da média de 694 milhões de euros (867 milhões de dólares) em uma pesquisa da companhia com analistas.

"Tivemos uma metade de ano excelente e tivemos que impulsionar nossa projeção uma vez que conseguimos visibilidade na segunda metade do ano", disse O'Leary em uma entrevista.

"Estamos mantendo os preços baixos e ao mesmo tempo melhorando o serviço. É simples assim".

O lucro pós-impostos para os seis meses até setembro, a primeira metade do ano fiscal da Ryanair, avançou 32 por cento para 795 milhões de euros, pouco abaixo de previsão média de 799 milhões de euros em uma pesquisa da companhia.

(Por Conor Humphries)