HSBC reserva US$378 mi para acordo em investigação sobre câmbio

segunda-feira, 3 de novembro de 2014 11:18 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O HSBC reservou 378 milhões de dólares para cobrir uma potencial multa de regulador da Grã-Bretanha por supostas manipulações de mercados cambiais e informou nesta segunda-feira uma queda de 12 por cento no lucro do terceiro trimestre.

O banco reservou 1,8 bilhão de dólares no total no trimestre para pagamento de multas, acordos legais e custos com compensações relacionados à venda fraudulenta de seguros para empréstimos.

A provisão do HSBC para a investigação sobre câmbio ficou abaixo das 500 milhões de libras (800,15 milhões de dólares) provisionadas pelo Barclays e as 400 milhões de libras reservadas pelo Royal Bank of Scotland.

O banco disse nesta segunda-feira que o regulador britânico propôs uma resolução para a investigação sobre manipulações nos mercados cambiais globais, que movimentam 5,3 trilhões de dólares por dia.

O HSBC é um de seis bancos que negociam com reguladores britânicos pagamento de cerca de 1,5 bilhão de libras em um acordo em grupo, disseram fontes.

Os resultados do HSBC mostraram lucro trimestral de 4,4 bilhões de dólares, desconsiderando movimentos de preços da dívida do banco e ajustes sobre venda ou compra de ativos. A receita ajustada do HSBC no terceiro trimestre ficou estável em 15,6 bilhões de dólares.