Preço do minério exportado por Brasil cai 40% e renova mínima em 4 anos em outubro

segunda-feira, 3 de novembro de 2014 18:08 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O preço médio do minério de ferro exportado pelo Brasil fechou outubro a 59,5 dólares por tonelada, no menor nível desde março de 2010, com os valores das vendas brasileiras sendo afetados pela conjuntura de grande oferta global do produto e um crescimento mais fraco da demanda.

Com a queda de 40 por cento no preço e de 2,3 por cento no volume embarcado, a receita com as exportações de minério de ferro do país recuou para 1,89 bilhão de dólares em outubro ante o mesmo mês do ano passado, de acordo com dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior nesta segunda-feira. Em outubro de 2013, o preço médio do minério exportado pelo Brasil estava em 99 dólares por tonelada. E

Em setembro, o preço estava em 67,3 dólares por tonelada, na esteira da queda dos preços globais, que atingiram mínimas de cinco anos no mercado da China, maior importador global.

Pelos dados do governo brasileiro, o preço de exportação do minério é o mais baixo desde que alcançou 52,3 dólares por tonelada em março de 2010, quando com a economia global ainda se recuperava da crise financeira de 2008-2009.

Os baixos preços do minério impactaram fortemente os resultados da mineradora Vale no terceiro trimestre, quando a maior produtora global de minério e principal empresa exportadora brasileira registrou um prejuízo líquido.

Os volumes exportados de minério de ferro pelo Brasil recuaram para 31,8 milhões de toneladas no mês passado, ante 33,1 milhões toneladas em setembro e 32,5 milhões de toneladas em outubro de 2013.

(Por Roberto Samora)