Importação de petróleo e derivados pelo país recua até outubro; exportação cresce

segunda-feira, 3 de novembro de 2014 18:48 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - As importações de combustíveis, petróleo e derivados somaram 33,1 bilhões de dólares de janeiro a outubro, queda de 4,3 por cento pela média diária na comparação com o mesmo período de 2013, apontaram nesta segunda-feira dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Já as exportações de petróleo e combustíveis somaram 16,7 bilhões de dólares, com os embarques de óleo cru no período aumentando 41,5 por cento pela média diária, mas apontando uma situação distante do equilíbrio da balança do setor, que tem colaborado para um déficit comercial brasileiro até outubro de quase 2 bilhões de dólares.

Enquanto a produção de petróleo no Brasil tem apresentado recordes recentemente, a capacidade de refino e a oferta da matéria-prima não acompanharam o crescimento da demanda de combustíveis, forçando a Petrobras a importar produtos.

As importações de combustíveis e lubrificantes somaram 2,56 bilhões de dólares em outubro, queda de 36 por cento ante o mesmo período do ano passado pela média diária, enquanto as exportações de petróleo atingiram 1,3 bilhão de dólares, ante 981 milhões de dólares no mesmo mês de 2013.

(Por Roberto Samora)