Coeure, do BCE, pede reformas nas economias da zona do euro

terça-feira, 4 de novembro de 2014 07:31 BRST
 

NICÓSIA (Reuters) - A zona do euro se arrisca a perder o impulso econômico e a adiar a recuperação a menos que os governos adotem políticas fiscal e estrutural para apoiar o crescimento em conjunto com os estímulos monetários do Banco Central Europeu, disse na terça-feira o membro do BCE Benoit Coeure.

Um dos seis membros da diretoria executiva que forma o núcleo do conselho do BCE, Coeure fez um apelo para que os governantes avancem rapidamente com as reformas necessárias para revigorar suas economias.

"A menos que seja adotado um mix adequado de políticas monetária, fiscal e estrutural para criar confiança e sustentar o consumo privado e investimentos, nós vamos novamente correr o risco de perder o impulso e adiar a recuperação", disse.

"Do nosso lado, estamos plenamente comprometidos em fazer nossa parte nesse mix de políticas, que é cumprir nosso mandato e levar a inflação de volta na direção dos 2 por cento."