CORREÇÃO (OFICIAL)-Venda de veículos novos no Brasil recua 7% em outubro, diz Fenabrave

terça-feira, 4 de novembro de 2014 10:59 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - (No texto publicado na 2a-feira, Fenabrave corrigiu comentário de representante no 6o parágrafo de expectativa de alta de 5% para queda entre 5% e 6% em 2014)

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas de veículos novos no Brasil em outubro subiram 3,6 por cento sobre setembro, mas caíram 7 por cento no comparativo anual, para cerca de 306,9 mil unidades, informou a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) nesta segunda-feira.

Os licenciamentos de carros no mês passado somaram 216,6 mil unidades, enquanto os emplacamentos de comerciais leves foram de 74,8 mil. O setor teve ainda vendas de 12 mil unidades de caminhões e de 3,1 mil ônibus no mês passado, disse a Fenabrave.

A indústria divulga dados consolidados do setor da Anfavea na quinta-feira, incluindo produção e exportações.

Por dia útil, as vendas totais do mês passado corresponderam a 13,3 mil unidades ante média de 14,4 mil em outubro de 2013.

O desempenho de outubro está em linha com a média de vendas por dia útil do primeiro semestre, de 13,3 mil veículos, embora os dados da primeira metade do ano sofreram influência de feriados forçados em cidades-sede da Copa do Mundo.

Até o final do ano, a Fenabrave espera um aquecimento nas vendas, devido à antecipação de compras por conta do fim do benefício do IPI, programado para o dia 31 de dezembro. "Com isso, ao invés de registrarmos uma queda de emplacamentos prevista em cerca de 8 por cento, devemos encerrar 2014 com uma retração menor, entre 5 e 6 por cento", disse em nota o presidente da entidade, Flavio Meneghetti.

A Anfavea espera que o movimento de vendas do segundo semestre seja melhor que o da primeira metade do ano, crescendo 14,3 por cento no período. Para o ano como um todo, a expectativa é de queda de 5,4 por cento nos licenciamentos, a 3,564 milhões de unidades.   Continuação...