Embraer tem prejuízo no 3º tri com menores entregas e despesa maior com impostos

quinta-feira, 6 de novembro de 2014 08:47 BRST
 

Por Marcela Ayres

SÃO PAULO (Reuters) - A Embraer teve prejuízo líquido no terceiro trimestre, revertendo resultado positivo obtido um ano antes, diante de menor resultado operacional e despesas mais elevadas com impostos.

Entre julho e setembro, o prejuízo líquido atribuído aos acionistas da fabricante de aeronaves foi de 24,3 milhões de reais, ante lucro líquido de 118,7 milhões de reais em igual etapa de 2013.

No período, as receitas líquidas da companhia caíram 3,9 por cento na comparação anual, a 2,8 bilhões de reais, em função de um menor número de entregas de jatos executivos aliado ao mix de entregas de aeronaves comerciais, disse a Embraer. O desempenho foi parcialmente compensado por crescimento de 29 por cento na receita do segmento voltado a equipamentos para defesa.

Em meados de outubro, a Embraer já havia divulgado a entrega de 19 aviões comerciais e 15 jatos executivos no terceiro trimestre, com o total de 34 aviões ficando abaixo dos 44 despachados no mesmo trimestre do ano passado.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia teve recuo anual de 13,2 por cento no período, a 311,3 milhões de reais, com a margem Ebitda caindo de 12,2 para 11 por cento.

A última linha do balanço da companhia também foi afetada por uma despesa de imposto de renda mais elevada, de 178,6 milhões no trimestre, sobre 58,7 milhões um ano antes.

Segundo a Embraer, a elevação ocorreu em função do efeito da variação cambial ocorrida no trimestre, "que gerou uma maior despesa de imposto de renda e contribuição social sobre itens não monetários em relação ao mesmo período do ano anterior".

Em relatório sobre os resultados, a companhia indicou que suas estimativas para o ano, publicadas em fevereiro, permanecem inalteradas.   Continuação...

 
Embraer apresenta o novo jato regional E-175 em São José dos Campos. 12/03/2014 REUTERS/Paulo Whitaker