Opep diz que não há razão para queda drástica do petróleo; vê recuperação em 2015

quinta-feira, 6 de novembro de 2014 13:31 BRST
 

VIENA (Reuters) - Não há uma razão fundamental para o preço do petróleo ter caído tão drasticamente como ocorreu recentemente, afirmou nesta quinta-feira o secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Abdullah al-Badri.

"Estamos preocupados, mas não estamos em pânico", disse ele a repórteres, em uma coletiva de imprensa relacionada ao Oil Outlook 2014, acrescentando que espera que as cotações vão se recuperar no segundo semestre do próximo ano, embora ele não saiba o quanto.

Ele disse que cabe aos países membros da Opep decidirem como responder à queda do preço do petróleo.

O petróleo Brent já perdeu cerca de quarto do valor desde o pico de 115 dólares por barril registrado em junho, com oferta abundante superando a demanda na maior parte do mundo.

A próxima reunião ministerial é em 27 de novembro, e Badri disse que a Opep não havia convidado outros produtores a participar.

(Por Michael Shields e Shadia Nasralla)