Plantio de soja avança para 46% da área no país; vendas ganham ritmo, diz AgRural

segunda-feira, 10 de novembro de 2014 10:42 BRST
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO (Reuters) - Uma melhor distribuição das chuvas sobre áreas produtoras de soja permitiu um salto do plantio na semana passada, de 29 para 46 por cento da área total prevista, mas os trabalhos continuam atrasados na comparação com os últimos anos, disse a consultoria AgRural nesta segunda-feira.

O índice de plantio está atrás dos 59 por cento registrados um ano atrás e dos 61 por cento da média de cinco anos.

"Embora as chuvas ainda não estejam completamente normalizadas, a melhora dos volumes e da distribuição favoreceu o plantio da soja na primeira semana de novembro", disse a AgRural em um relatório semanal.

Segundo a consultoria, plantio atrasado não significa necessariamente perda de produtividade, mas a seca de outubro pode resultar em potencial menor para a safra.

A AgRural disse trabalhar, por enquanto, com estimativas de produtividade dentro da tendência histórica. A produção de soja do país é vista em 94,9 milhões de toneladas na atual safra 2014/15.

"Não se descarta, porém, uma redução (de estimativa de safra) no início de dezembro, quando os números serão revisados", disse a AgRural.

O atraso mais relevante é verificado no Centro-Oeste. Em Mato Grosso, principal Estado produtor de grãos do país, o plantio atingiu 62 por cento da área total prevista, contra 35 por cento na semana anterior, mas bem abaixo dos 85 por cento de um ano antes.

Em Mato Grosso do Sul, o plantio já estava praticamente encerrado um ano atrás (95 por cento da área), mas atualmente alcança 68 por cento.   Continuação...

 
Fazendeiro observa plantação de soja em Barreiras, na Bahia. 6/02/2014. REUTERS/Ueslei Marcelino