Even vê margem bruta entre 34% e 35% nos próximos trimestres

quarta-feira, 12 de novembro de 2014 12:25 BRST
 

Por Marcela Ayres

SÃO PAULO (Reuters) - O diretor financeiro da construtora e incorporadora Even, Dany Muszkat, afirmou nesta quarta-feira que vê a margem bruta da companhia entre 34 e 35 por cento daqui para frente, após avanço na linha ter impulsionado seus resultados no terceiro trimestre.

Entre julho e setembro, a margem bruta da companhia expurgando efeitos dos encargos financeiros apropriados ao custo chegou a 38,5 por cento, alta de três pontos percentuais sobre um ano antes, na esteira de melhor mix de receita e redução do custo orçado de alguns empreendimentos.

No acumulado dos nove meses do ano, a margem bruta ajustada chegou a 35,1 por cento, ante 33,8 por cento em igual etapa de 2013.

Em teleconferência com analistas nesta quarta-feira, Muszkat disse ainda que enxerga espaço para a Even ganhar participação de mercado em 2015 por estar com banco de terrenos "apropriado para condições de mercado".

Com relação à venda de estoques, o presidente da companhia, Carlos Eduardo Terepins, afirmou que o mercado no quarto trimestre vem seguindo ritmo semelhante ao observado no terceiro e segundo trimestres nas praças de atuação da empresa, que tem maior foco em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Às 12h18, as ações da companhia lideravam os ganhos do Ibovespa, com alta de 11,53 por cento, a 5,31 reais, contra variação negativa de 0,07 por cento do principal índice da bolsa.

Na noite da véspera, a empresa divulgou que encerrou o terceiro trimestre com alta de 22 por cento no lucro líquido ajustado, a 82,4 milhões de reais.