S&P 500 tem pior dia queda diária desde outubro, puxado por recuo das ações de energia nos EUA

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014 20:17 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em baixa nesta segunda-feira, com o S&P 500 registrando a maior queda percentual diária desde 22 de outubro, após o recuo dos preços do petróleo para o menor patamar em cinco anos causar um movimento de venda de ações do setor de energia.

O índice Dow Jones caiu 0,59 por cento, a 17.852 pontos, enquanto o S&P 500 teve perda de 0,73 por cento, a 2.060 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq caiu 0,84 por cento, a 4.740 pontos.

As preocupações sobre o crescimento global também contribuíram para o tom pessimista. Dados mostraram que as exportações da China cresceram num ritmo mais devagar que o esperado e que as importações caíram em novembro, enquanto a economia do Japão encolheu mais que o esperado no terceiro trimestre.

O índice do setor de energia do S&P caiu 3,9 por cento e foi negociado no menor nível desde junho de 2013 depois que o preço do petróleo Brent caiu para o menor patamar em cinco anos com projeções de que a oferta em excesso continuará crescendo até o próximo ano. Liderando a queda, as ações da Exxon Mobil caíram 2,3 por cento, a 91,70 dólares, enquanto os papéis da Chevron recuaram 3,7 por cento, a 106,80 dólares.

O índice do setor de energia acumula queda de 12,8 por cento no ano, sendo o único dos principais índices setoriais do S&P 500 no território negativo em 2014. O S&P 500 acumula alta de 11,5 por cento no ano.

A maioria de setores guiados pelo crescimento também caiu, sugerindo que os investidores estam evitando áreas mais arriscadas do mercado.

Ao mesmo tempo, muitas das ações com maiores ganhos do ano também tiveram um movimento de vendas, possivelmente devido à realização de lucro do fim de ano, disse o diretor geral de renda variável da Wedbush Securities, Michael James.

Na sexta-feira, o S&P 500 fechou em pontuação máxima pela 49ª vez neste ano.