CEO da Tim Hortons leva bônus de US$871,5 mil após acordo com Burger King

terça-feira, 9 de dezembro de 2014 07:43 BRST
 

TORONTO (Reuters) - O presidente-executivo da Tim Hortons THI.TO receberá um bônus de 1 milhão de dólares canadenses (871 mil dólares), na sequência da aquisição de 12,64 bilhões de dólares canadenses da companhia pelo Burger King Worldwide BKW.N, divulgou a rede canadense de cafés e rosquinhas em um documento ao regulador do mercado na segunda-feira.

O Burger King fechou a compra da companhia canadense em agosto, em uma transação que irá criar o terceiro maior grupo de fast-food do mundo. O governo canadense aprovou a aquisição, que irá criar uma nova empresa com sede no norte da fronteira, na semana passada.

A empresa disse que o bônus discricionário para o presidente-executivo Marc Caira deve-se a uma carga de trabalho que aumentou substancialmente como resultado do acordo de fusão, além de fortes resultados trimestrais que superaram as expectativas do mercado.

Depois de um período de transição, Caira irá ceder seu posto de CEO ao presidente-executivo do Burger King, Daniel Schwartz, que comandará a companhia combinada.

A vice-presidente financeira da Tim Hortons, Cynthia Devine, foi premiada com um bônus de 500.000 dólares canadenses e Frank Iacobucci, principal diretor do Conselho, com 100.000 dólares canadenses.

(Por Solarina Ho)