Província chinesa muda siderúrgicas para região costeira em plano de reestruturação

terça-feira, 9 de dezembro de 2014 12:32 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A província chinesa de Hebei, a região dominante na produção de aço do país, deve mover 16 milhões de toneladas de capacidade de produção para o litoral em uma medida que tem como objetivo "atualizar" o setor.

Segundo um documento publicado no website oficial do governo local (www.hebei.gov.cn), as empresas de aço assinaram um acordo com bancos e governos locais durante o final de semana com o objetivo de mover as operações para novas zonas portuárias.

A mudança das instalações para a costa tem sido uma parte importante da estratégia que visa consolidar o setor chinês fragmentado e saturado. A Shougang Group, quinta maior usina siderúrgica da China antes baseada em Pequim, já realocou todas as suas instalações de produção para o porto de Caofeidian, em Hebei.

O governo central aprovou um plano de reestruturação da indústria de aço enviado por Hebei em junho, com a Hebei prometendo fechar, consolidar, atualizar e realocar um setor que tinha até 286 milhões de toneladas de capacidade ao final do ano passado, mais que toda a União Europeia.

A industrial província de Hebei vem sofrendo pressão para buscar fontes alternativas de crescimento enquanto o governo central trava uma "guerra contra a poluição", e a província está planejando cortar ao menos 60 milhões de toneladas de capacidade entre 2013 e 2017.

(Por David Stanway)