Nissan faz recall de 470 mil veículos por possível vazamento de combustível

terça-feira, 9 de dezembro de 2014 14:00 BRST
 

DETROIT (Reuters) - A Nissan Motor disse nesta terça-feira que está fazendo o recall de cerca de 470 mil veículos utilitários esportivos e outros carros globalmente por possíveis vazamentos de combustível.

A Nissan está recolhendo os veículos de modelos dos anos 2012 a 2015, porque os sensores de pressão de combustível podem não ter sido suficientemente apertados durante a produção. Isso poderia levar a um vazamento de combustível ao longo do tempo devido ao calor e vibração, aumentando o risco de incêndio, de acordo com documentos publicados online pela Administração Nacional de Segurança de Tráfego em Rodovias dos Estados Unidos (NHTSA). Os modelos afetados têm motores de injeção direta.

Um porta-voz da Nissan disse que não houve relatos de acidentes ou ferimentos relacionados com o tema.

Nos Estados Unidos, os veículos afetados incluem algumas SUVs Nissan Juke 2012-2014, carros Infiniti M56 e SUVs QX56 de 2012-2013, além de sedans Infiniti Q70 e SUVs QX80 2014-2015, de acordo com os documentos da NHTSA.

Em outros mercados, os nomes dos modelos afetados incluem o Nissan Serena, X-Trail, Patrol, Tiida e Pulsar, disse a Nissan.

Dos veículos afetados, cerca de 233 mil estão no Japão, 143 mil na América do Norte, 22.500 na Europa e 71.500 no Oriente Médio, China, América Latina, África e outros mercados, disse Nissan.

Os concessionários irão substituir os sensores de combustível, se necessário, sem nenhum custo. O porta-voz disse que a montadora começou a notificar os proprietários de todo o mundo no mês passado.

(Reportagem de Ben Klayman)