Dólar sobe 0,55% e volta a R$2,61 com piora em humor externo

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014 17:06 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta nesta quarta-feira e renovou a máxima em quase dez anos, voltando à casa dos 2,61 reais, refletindo o aumento da aversão ao risco nos mercados internacionais em meio à queda dos preços do petróleo, que chegou às mínimas em cinco anos.

No cenário interno, o mercado também refletiu as incertezas sobre quais medidas serão adotadas pela nova equipe econômica da presidente Dilma Rousseff e o futuro do programa de intervenções diárias do Banco Central no câmbio.

A moeda norte-americana subiu 0,55 por cento, a 2,6125 reais na venda, após atingir 2,6176 reais na máxima e 2,5861 reais na mínima da sessão. Trata-se do nível mais alto de fechamento desde 15 de abril de 2005, quando foi a 2,620 reais. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1 bilhão de dólares.

(Por Bruno Federowski)