Pressão sobre economia é relativamente grande, diz governo da China

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014 08:24 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A pressão sobre a economia chinesa é relativamente grande, informou a Xinhua nesta quinta-feira citando comunicado divulgado pelo governo após sua Conferência Central de Trabalho Econômico.

O comunicado informou também que a China irá manter sua política monetária prudente no ano que vem enquanto persegue uma postura proativa de política fiscal.

A conferência anual, que normalmente é realizada em dezembro, delineia o projeto governamental de crescimento para a segunda maior economia do mundo no ano seguinte.

A economia deve crescer ao ritmo mais lento em quase um quarto de século neste ano, pressionada pelo arrefecimento do mercado imobiliário, pelo investimento mais fraco e pelos altos níveis de dívida.

O banco central chinês surpreendeu os mercados ao cortar a taxa de juros em 21 de novembro, e são esperadas mais medidas nos próximos meses para evitar uma desaceleração mais forte.

(Por Koh Gui Qing e Shao Xiaoyi)