Dólar cai mais de 1% e volta a R$2,70 com recuperação do rublo

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 17:32 BRST
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar interrompeu série de cinco altas seguidas e fechou com queda de mais de 1 por cento nesta quarta-feira, voltando a 2,70 reais, acompanhando o tombo de mais de 10 por cento do dólar sobre o rublo após o anúncio de novas medidas do banco central da Rússia.

A moeda norte-americana fechou em baixa de 1,23 por cento, a 2,7018 reais na venda, após atingir 2,7529 reais na máxima e 2,6894 reais na mínima do dia. Nas cinco sessões anteriores, a divisa dos Estados Unidos acumulou alta de 5,29 por cento.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,6 bilhão de dólares.

"Quando viu o rublo subindo, o mercado decidiu que exagerou no pessimismo ontem (terça-feira). Foi uma onda de alívio global", afirmou o estrategista da Fator Corretora, Paulo Gala.

Os mercados globais têm mostrado intensa aversão a ativos de risco, como os brasileiros, principalmente devido à queda dos preços do petróleo --sintoma de fraqueza na recuperação global-- e à disparada do dólar frente ao rublo.

Nesta sessão, contudo, a moeda norte-americana recuava mais de 10 por cento contra o rublo, após o banco central russo anunciar que tomará medidas para trazer estabilidade financeira aos mercados domésticos. Antes disso, a autoridade monetária do país informou que começou a vender dólares.

Junto com o fechamento do mercado local de câmbio, o Federal Reserve, banco central norte-americano, ofereceu um forte sinal de que está a caminho de elevar o juro em algum momento em 2015, alterando a promessa de manter a taxa perto de zero por um "tempo considerável".

O contrato do dólar para janeiro ampliou as perdas e passou a cair 2 por cento, porque investidores temiam que o Fed sinalizasse uma alta do juro ainda mais cedo.   Continuação...

 
REUTERS/Andrew RC Marshall (CAMBODIA - Tags: CRIME LAW BUSINESS)