Abilio Diniz acerta compra de 10% do Carrefour Brasil por cerca de 500 mi a 600 mi de euros, diz fonte

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014 18:30 BRST
 

Por Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO (Reuters) - O empresário Abilio Diniz está de volta ao setor varejista. O empresário acertou a compra de 10 por cento do Carrefour Brasil por uma cifra entre 500 milhões e 600 milhões de euros, disse à Reuters nesta quarta-feira uma fonte a par do assunto.

O negócio acontece pouco mais de um ano depois de Abilio ter deixado a presidência do Conselho de Administração do Pão de Açúcar, maior varejista do Brasil fundada por seu pai em 1948 e cujo controle foi vendido ao francês Casino, principal rival do Carrefour na Europa.

Segundo a fonte, que falou sob condição de anonimato, o acordo entre Abilio e o Carrefour Brasil não envolve operações da rede de lojas Atacadão.

Pelos termos acertados, o empresário, que preside atualmente o Conselho de Administração da empresa de alimentos BRF, terá direito de indicar dois membros para o Conselho de Administração do Carrefour Brasil, mas não terá presença direta na gestão da varejista.

Procuradas, as assessorias de comunicação da Península, que administra os investimentos da família Diniz, e do Carrefour Brasil disseram que não comentariam rumores de mercado.

Antes de passar o controle do Pão de Açúcar ao Casino, em meados de 2012, Abilio fracassou em uma tentativa de unir o Pão de Açúcar ao Carrefour Brasil. A iniciativa de Abilio irritou o então sócio Casino, que acusou o empresário de tentar minar o acordo de acionistas na holding de controle do Pão de Açúcar.

Quando saiu definitivamente do Pão de Açúcar, em setembro de 2013, Abilio e Casino encerraram todos os litígios que tinham entre si e o empresário foi liberado de uma cláusula contratual que o impedia de competir com o Pão de Açúcar.

 
Empresário Abilio Diniz durante entrevista coletiva em São Paulo 10/04/ 2013. REUTERS/Nacho Doce