Chevron cancela perfuração no Ártico do Canadá diante de queda nos preços do petróleo

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014 08:23 BRST
 

CALGARY, Alberta (Reuters) - A Chevron está colocando um plano de perfuração de petróleo no Mar de Beaufort, no Ártico do Canadá, em espera por prazo indefinido por conta do que chamou de "incerteza econômica na indústria" diante da queda nos preços do petróleo.

Em uma carta ao Conselho Nacional de Energia do Canadá na quarta-feira, a empresa retirou sua participação de uma audiência sobre regras de perfuração no Ártico porque estava deixando os planos de perfuração no bloco EL 481, a 250 quilômetros a noroeste de Tuktoyaktuk, nos Territórios do Noroeste.

O projeto de perfuração é o maior já colocado em espera depois que os preços do petróleo caíram quase pela metade ao longo dos últimos seis meses, com uma longa lista de empresas de petróleo cortando seus orçamentos para 2015 por causa da derrocada.

"A Chevron colocou seus planos de perfuração para o EL 481 em espera indefinidamente", disse a empresa em sua carta ao regulador, que foi confirmada por um porta-voz.

A companhia vinha planejando o projeto desde 2009 e tinha previsto iniciar a perfuração na década de 2020, de acordo com documentos.

A Chevron pagou 103,3 milhões de dólares canadenses pelos direitos de exploração da área de cerca de 206 mil hectares. A região fica a leste da fronteira entre Canadá e Estados Unidos.

(Por Scott Haggett e Nia Williams em Calgary e Ernest Scheyder em Williston)