Sabesp vai cobrar sobretaxa de consumidores que elevarem o consumo a partir de janeiro

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014 17:11 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou novas medidas nesta quinta-feira para contenção do consumo de água no Estado, que incluem cobrança de sobretaxa de consumidores que elevarem o consumo de água a partir de janeiro.

Segundo o governador, a sobretaxa chamada por ele de "tarifa de contingência" vai incidir sobre aumento de até 20 por cento no consumo de água. Nesta faixa, a conta de água do consumidor vai ter um adicional de 20 por cento sobre o total faturado, disse Alckmin. Além disso, consumidores que extrapolarem em mais de 20 por cento o consumo terão uma penalidade de 50 por cento.

O cálculo envolve a média de consumo dos 12 meses anteriores e é válido a partir de primeiro de janeiro.

Além da sobretaxa, o governo de São Paulo também decidiu prorrogar até o final de 2015 o programa de desconto nas tarifas da Sabesp para consumidores que economizarem água.

"Ainda estamos em condições hidrológicas muito abaixo do previsto", disse o governador a jornalistas.

(Por Alberto Alerigi Jr.)