Bolsas nos EUA têm fortes ganhos por Fed e ações de tecnologia

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014 20:50 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em forte alta nesta quinta-feira, levando o S&P a registrar o maior avanço acumulado em dois dias desde novembro de 2011, ainda repercutindo o otimismo do comunicado do Federal Reserve na véspera e com as ações de tecnologia subindo após resultado melhor que o esperado da Oracle.

O Dow Jones subiu 2,43 por cento, a 17.778 pontos, enquanto o S&P 500 avançou 2,4 por cento, a 2.061 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq subiu 2,24 por cento, a 4.748 pontos.

Foi o maior ganho diário percentual do Dow Jones desde dezembro de 2011, enquanto o avanço do S&P 500 no dia foi o maior desde janeiro de 2013. Nas duas últimas sessões, o S&P acumulou alta de 4,5 por cento.

A alta das ações se seguiu a avaliação otimista do Fed sobre a economia dos Estados Unidos na quarta-feira e o seu compromisso de adotar uma abordagem "paciente" no aumento das taxas de juros.

A alta de 3 por cento do índice do setor de tecnologia ajudou no avanço desta quinta-feira, após ganhos das ações da Oracle. Os papéis da empresa subiram 10,2 por cento, a 45,35 dólares um dia após a empresa divulgar resultado trimestral acima das expectativas. As ações da Apple subiram 3 por cento, a 112,65 dólares.

O petróleo nos Estados Unidos caiu 4,2 por cento, enquanto o índice do setor de energia do S&P subiu 2,1 por cento.

Mais cedo na sessão, dados mostraram que os novos pedidos de auxílio-desemprego caíram mais que o esperado, sugerindo que as condições do mercado de trabalho nos EUA continuam se fortalecendo. No entanto, leituras do setor de serviços norte-americano e da atividade nas fábricas do meio Atlântico indicaram um ritmo mais lento de crescimento.

As ações da rede de drogarias Rite Aid subiram 11,9 por cento, a 6,78 dólares depois de divulgar resultado trimestral acima das expectativas e aumentar a projeção de 2015.