Produção diária de aço em província chinesa de Hebei cai 13% em novembro

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 11:17 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A produção diária de aço em Hebei, maior província produtora da liga na China, caiu 13 por cento em novembro ante o mês anterior depois que usinas suspenderam operações durante a cúpula da Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (Apec) em Pequim, mostraram dados oficias divulgados nesta segunda-feira.

Grandes quedas na produção de aço em Hebei eram esperados para o mês em questão, com dezenas de siderúrgicas da região recebendo ordens para suspenderem operações entre 7 e 12 de novembro, durante a sessão da Apec.

O setor de aço de Hebei, normalmente responsável por um quarto da produção da China, produziu 12,20 milhões de toneladas de aço bruto em novembro, segundo a agência nacional de estatísticas da China. Com isso, a participação da região no volume total produzido pelo país caiu para 19,3 por cento.

A produção diária nacional de aço bruto caiu 3,1 por cento no mês em novembro, a 2,11 milhões de toneladas, a menor taxa neste ano.

Observadores da indústria esperavam que os cortes obrigatórios de produção, visando garantir a qualidade do ar durante a cúpula da Apec, ajudariam a reduzir o excesso de oferta no setor e a sustentar os preços.

No entanto, produtores em outras regiões tomaram parte do lugar da capacidade ociosa de Hebei, com produção diária em Jiangsu, a segunda maior província produtora de aço da China, subindo 4,7 por cento ante o mês anterior, alcançando 8,61 milhões de toneladas. A produção da província costeira cresceu 9,2 por cento nos primeiros onze meses de 2014.