Arábia Saudita pode elevar produção de petróleo, se novos clientes surgirem

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 11:23 BRST
 

DUBAI (Reuters) - A Arábia Saudita está preparada para aumentar a sua produção de petróleo e reivindicar uma fatia maior no mercado para atender as demandas de todos os novos clientes, informou edição desta segunda-feira do jornal saudita al-Hayat, citando o ministro do petróleo do reino.

Perguntado se a Arábia Saudita queria manter uma fatia de 9,7 milhões de barris por dia de mercado, Ali al-Naimi, disse ao jornal: "Sim, a menos que um novo cliente venha, então podemos aumentá-la."

A observação foi um dos sinais mais fortes de que o maior exportador de petróleo do mundo não tem nenhuma intenção de cortar produção diante da queda dos preços do petróleo, e, ao invés disso, está disposto a usar seu baixo custo de produção para ganhar fatia de mercado de concorrentes não integrantes da Opep, os quais ele culpa pela queda do preço.

Em conferência de produtores árabes de petróleo, em Abu Dhabi, no domingo, Naimi disse que a Arábia Saudita não iria cortar a produção para sustentar os mercados de petróleo, mesmo que nações não integrantes da Opep fizessem isso, e que a melhor forma de abordar as condições no mercado de petróleo era "deixar os produtores mais eficientes produzirem".

Na entrevista publicada nesta segunda-feira, Naimi disse: "Com base na análise que fizemos, não vamos reduzir a produção na Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo)".

(Reportagem de Sami Aboudi)