Rússia pretende impor taxa na exportação de grãos

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 12:32 BRST
 

MOSCOU (Reuters) - A Rússia, um dos mais importantes exportadores de trigo do mundo, pretende impor um imposto sobre as exportações de grãos, disseram autoridades nesta segunda-feira, um movimento que segue limites informais por meio de controles de qualidade anunciados na semana passada.

O país tem exportado volumes recordes de grãos este ano, com a queda do rublo atraindo compradores.

O país colheu uma grande safra de grãos de 104 milhões de toneladas, mas após o aumento das exportações Moscou considerou como necessária a garantia de estoques remanescentes, disse o primeiro-ministro Dmitry Medvedev em uma reunião com autoridades.

"(Nós vamos) elaborar uma proposta de decisão relativa à taxa de exportação, isso será feito dentro de 24 horas", afirmou vice-primeiro-ministro, Arkady Dvorkovich, no encontro.

Medvedev disse a Dvorkovich para apresentar a proposta para a sua assinatura.

Turquia e Egito são os maiores compradores de trigo da Rússia.

(Reportagem de Polina Devitt, em Moscou, e Michael Hogan, em Hamburgo)