Ações europeias fecham em alta pela 5ª sessão, Grécia sobe

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 16:20 BRST
 

Por Blaise Robinson e Sudip Kar-Gupta

PARIS (Reuters) - O principal índice de ações europeias fechou em alta nesta segunda-feira, subindo pela quinta sessão seguida, com o índice acionário grego impulsionado pela proposta do primeiro-ministro do país de incluir no governo independentes pró-Europa.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, subiu 0,44 por cento, a 1.367 pontos.

Contrariando a tendência, ações do Banca Monte dei Paschi di Siena caíram 6,9 por cento, sob o impacto de renovados temores de grandes baixas contábeis por conta de créditos de recuperação duvidosa.

O índice grego ATG, que caiu mais de 25 por cento em 2014 por preocupações sobre uma saída desordenada da Grécia de seu resgate internacional, subiu 0,6 por cento nesta segunda-feira.

O primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, ofereceu no domingo trazer independentes pró-Europa para o governo e chamar eleições para o fim de 2015 se os parlamentares o apoiarem na eleição de um novo presidente.

Ações de empresas do setor de petróleo e gás terminaram em baixa, revertendo as altas vistas mais cedo, uma vez que os preços do petróleo Brent retomaram a trajetória de queda depois que o poderoso ministro do Petróleo da Arábia Saudita disse que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) não cortaria a produção, independente do preço.

"No caso de o preço do petróleo cair ou até mesmo permanecer neste patamar, algumas empresas de serviços de petróleo simplesmente não têm negócios ou têm negócios que estão fortemente prejudicados", disse o gestor do fundo Euroland Dynamic Fund do JPMorgan, Jon Ingram.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,48 por cento, a 6.576 pontos.   Continuação...