December 22, 2014 / 7:58 PM / 3 years ago

Exportação de minério de ferro do Brasil já supera 2013 em volume; receita despenca

4 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de minério de ferro do Brasil atingiram no ano até a terceira semana de dezembro 329,9 milhões de toneladas, ligeira alta na comparação com o volume exportado em todo o ano passado, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgados nesta segunda-feira.

A média diária de embarques de dezembro está em cerca de 1,5 milhão de toneladas, segundo a Secex, o que indica que as exportações do país podem fechar 2014 em aproximadamente 340 milhões de toneladas, considerando os últimos dias úteis deste mês.

Isso representaria um crescimento de 3 por cento ante 2013, quando os embarques somaram 329,6 milhões de toneladas.

Já a receita com as exportações de minério, o principal produto da pauta do Brasil, deverá cair acentuadamente por conta da queda nos preços da commodity.

De janeiro a novembro, a receita recuou 18,6 por cento, para 23,8 bilhões de dólares, com um recuo na cotação do produto embarcado de mais de 20 por cento.

Na semana passada, o preço na China renovou uma mínima de mais de cinco anos, com os compradores no mercado chinês afastados em meio à expectativa de uma queda maior nos preços, pressionados este ano pela abundância na oferta e um crescimento mais lento da demanda chinesa.

Já as exportações de soja, segundo produto da pauta exportadora do país, deverão atingir volumes e receitas recordes em 2014.

Incluindo os produtos, como óleo e farelo de soja, a indústria do setor estima que as receitas geradas com as exportações atingirão mais de 31 bilhões de dólares, com a soja em grão respondendo por 23,5 bilhões de dólares.

O petróleo, terceiro produto da pauta de exportações do Brasil, também terá um ano de grandes embarques em 2014, com a recuperação da extração da Petrobras e pelo crescimento de algumas petroleiras estrangeiras que atuam no Brasil.

Dados da Secex apontam para exportações de mais de 27 milhões de toneladas de petróleo em 2014, aumento de mais de 35 por cento. Em receita, o crescimento é menor, por impacto da queda dos preços do petróleo.

As exportações de carnes, também importantes produtos da pauta do país, têm tido um bom desempenho em 2014.

Em receita, as exportações de carne bovina serão recordes, superando 7 bilhões de dólares, segundo dados de associação do setor.

Com embarques recordes, as exportações de carne de frango do Brasil deverão fechar o ano com receitas superiores a 7,5 bilhões de dólares, mas em leve queda ante 2013, por conta da redução dos preços internacionais, segundo previsões da associação do setor e dados da Secex.

Já a exportação de café do Brasil deverá atingir um recorde de cerca de 36 milhões de sacas de 60 kg em 2014, de acordo com previsão do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

As receitas com embarques de café verde devem se aproximar dos 6 bilhões de dólares no ano, segundo dados da Secex até a terceira semana de dezembro.

Já os embarques de milho deverão recuar em 2014, ante o recorde de 26,6 milhões de toneladas de 2013, em meio a preços mais baixos do cereal.

As exportações de milho deverão somar cerca de 20 milhões de toneladas neste ano. De janeiro a novembro, o preço médio do cereal exportado caiu mais de 20 por cento, com um recuo das cotações internacionais em meio à safra recorde nos Estados Unidos.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below