Espanhol BBVA vende fatia em banco de Hong Kong

terça-feira, 23 de dezembro de 2014 14:43 BRST
 

MADRI (Reuters) - O banco espanhol BBVA disse que estava reduzindo sua exposição à China ao vender sua fatia em uma instituição financeira de Hong Kong, enquanto o segundo maior banco da Espanha tenta melhorar seu balanço.

O BBVA disse que concordou em vender aproximadamente 30 por cento de participação no CIFH -- um banco de Hong Kong de capital fechado, unidade do chinês CITIC Bank Corp -- de volta ao controlador por cerca de 845 milhões (1 bilhão de dólares).

A venda representará uma perda para o BBVA de cerca de 25 milhões de euros, mas terá um impacto positivo em seu índice de solvência, equivalente a uma geração de capital de mais de 700 milhões de euros.

Regras globais mais rígidas para a liquidez dos bancos e sua participação em instituições financeiras forçaram o BBVA e outros a separar mais dinheiro ou vender fatias em bancos internacionais.

(Por Sarah White e Robert Hetz)