Rússia terá imposto de exportações de grãos a partir de 1º de fevereiro

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014 11:28 BRST
 

MOSCOU (Reuters) - A Rússia vai impor taxas sobre as exportações de grãos de não menos de 35 euros por tonelada, a partir de 1º de fevereiro, a fim de estabilizar os preços no mercado interno, de acordo com um comunicado do governo publicado na noite de quinta-feira.

O governo disse que o imposto corresponderá a 15 por cento do preço de alfândega mais 7,5 euros, mas não poderá ser inferior a 35 euros por tonelada.

A Rússia, que será o quarto maior exportador este ano, tem exportado volumes recordes após uma grande safra de grãos de 105 milhões de toneladas, após o colapso do rublo, que torna suas exportações mais competitivas.

Na semana passada, Moscou impôs controles informais de exportação para esfriar os preços no mercado interno, ao mesmo tempo revelando os planos para taxar as exportações.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin)

 
Homem carrega grãos antes de semear um campo na vila de Moskovskoye, sul da Rússia. 16/10/2014 REUTERS/Eduard Korniyenko