Audi, da Volkswagen, vai aumentar investimentos até 2019 em modelos e fábricas

sábado, 27 de dezembro de 2014 10:56 BRST
 

BERLIM (Reuters) - A Audi, divisão da Volkswagen (VOWG_p.DE: Cotações), irá aumentar os gastos em novos modelos, fábricas e tecnologia até 2019 para impulsionar sua meta de superar a rival alemã BMW como maior fabricante de carros de luxo do mundo.

     A Audi, que contribui com 40 por cento do lucro operacional do maior grupo automotivo da Europa, disse neste sábado que vai aumentar o investimento em operações de fabricação de carros em 2 bilhões de euros (2,44 bilhões de dólares) para um recorde de 24 bilhões de euros ao longo dos próximos cinco anos.

     Setenta por cento da despesa será designada para o desenvolvimento novos modelos e tecnologias, como a redução de emissão de veículos híbridos plug-in, disse a Audi. A marca também está trabalhando em carros puramente elétricos para alcançar a BMW (BMWG.DE: Cotações) e a Tesla Motors (TSLA.O: Cotações). [

     Mais de metade dos fundos serão gastos em duas fábricas alemãs da Audi em Ingolstadt e Neckarsulm que representaram metade da produção da montadora de 1,34 milhão de automóveis no nove meses de 2014, disse a Audi, confirmando uma reportagem da Reuters.

     (Por Andreas Cremer)