Índice europeu anula perdas e fecha em ligeira alta, Grécia pesa na região

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014 16:41 BRST
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES (Reuters) - O índice europeu de ações fechou em leve alta nesta segunda-feira, revertendo a queda vista mais cedo, após os parlamentares gregos rejeitarem o candidato do governo para a Presidência, levando a Grécia a enfrentar eleições antecipadas que podem prejudicar o programa de resgate.

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou com alta de 0,15 por cento, aos 1.376 pontos.

A queda do mercado acionário grego ajudou a derrubar os índices dos países do sul da Europa. Receios de que a crise de dívida soberana na zona do euro possa aparecer novamente levaram alguns investidores a trocar o mercado de ações de países "periféricos" por outros "principais", do norte da Europa. Os índices francês e alemão subiram na sessão.

Alguns operadores esperam que o Banco Central Europeu (BCE) anuncie medidas de estímulo econômico mais fortes no próximo mês para minimizar qualquer contágio da eleição grega.

O índice grego ATG Athex General Composite Share Price Index chegou a cair 11 por cento antes de se recuperar e fechar com queda de 3,9 por cento, perto dos níveis vistos pela última vez em 2012.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,36 por cento, a 6.633 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,05 por cento, a 9.927 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,51 por cento, a 4.317 pontos.   Continuação...