General Motors emitiu novos recalls citando problema com ignição

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015 07:54 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A General Motors iniciou o ano anunciando três novos recalls de veículos na quinta-feira, com a crise por um problema na ignição continuando a afetar a montadora depois de milhões de veículos terem sido convocados em recalls em 2014.

Não foram registrados acidentes ou lesões envolvendo os 83.572 utilitários esportivos e picapes da mais recente rodada de recalls. A GM espera que menos de 500 deles sejam afetados pelo defeito, uma trava de ignição com um diâmetro externo que excede as especificações.

Ainda assim, a questão poderá assustar os consumidores e investidores. Problemas no sistema de ignição estiveram por trás do número recorde de recalls feitos em 2014 pela GM, que tem lutado para reconstruir sua reputação após a concordata em 2009.

Os recalls atingiram o preço das ações da GM, que caíram 14,6 por cento em 2014, um ano em que as ações da rival Ford Motor subiram cerca de 0,5 por cento.

A GM fez o recall de mais de 2,5 milhões de veículos em 2014 após acidentes terem causado mais de 40 mortes. O programa de compensação, que está aceitando pedidos até 31 de janeiro, recebeu mais de 2.200 queixas de lesões e mortes relacionadas ao problema.

(Por Ryan Vlastelica)