Bolsas dos EUA terminam estáveis em 1o pregão de 2015

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015 20:06 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos encerraram o primeiro dia de negócios em 2015 praticamente estáveis, com investidores encontrando poucos motivos para comprar ações, após dados econômicos abaixo das expectativas.

O índice Dow Jones teve alta de 0,06 por cento, a 17.832 pontos. O S&P 500 recuou 0,03 por cento, a 2.058 pontos, e o Nasdaq cedeu 0,2 por cento, a 4.726 pontos.

Num sinal de condições econômicas fracas, o investimento em construção caiu 0,3 por cento em novembro nos EUA, enquanto o ritmo de crescimento do setor industrial recuou ao menor nível em seis meses em dezembro, segundo o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês).

"Os dados que tivemos hoje basicamente atingiram o entusiasmo inicial", disse Peter Cardillo, economista chefe na Rockwell Global Capital, em Nova York. "Foi um pouco de fraqueza, mas eu não creio que muda a perspectiva sobre uma economia mais forte", acrescentou.

Wall Street tinha encerrado a última sessão de 2014 em baixa, ainda assim com ganho sólido no trimestre e no ano.

Um rali de 12 dias que acumulou valorização de quase 6 por cento até 29 de dezembro fez o S&P 500 subir para nível recorde, mas o índice acabou perdendo parte do impulso e registrou a terceira queda consecutiva.

O movimento ocorreu com participantes do mercado ajustando posições, questionando se os níveis atuais se justificam.

O índice de energia subiu 0,4 por cento em sessão volátil. A Exxon Mobil teve alta de 0,4 por cento e a Kinder Morgan subiu 1,2 por cento, liderando o setor.

(Por Chuck Mikolajczak)