Brasil fecha 2014 com 1º défict comercial desde 2000 e pior resultado desde 1998

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015 17:20 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A balança comercial brasileira encerrou 2014 com o pior resultado em 16 anos e o primeiro déficit desde 2000, com as exportações recuando com força, em um ambiente de queda dos preços das commodities.

Em 2014, o Brasil teve um déficit comercial de 3,93 bilhões de dólares, ante superávit revisado para 2,384 bilhões de dólares em 2013. Foi o pior resultado desde 1998, quando o saldo ficou negativo em 6,6 bilhões de dólares, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

As exportações somaram 225,1 bilhões de dólares no ano passado, em queda de 7 por cento ante 2013, enquanto as importações recuaram 4,4 por cento, a 229,03 bilhões de dólares.

O secretário de Comércio Exterior, Daniel Godinho, disse que o resultado do ano foi influenciado principalmente por três fatores: queda dos preços das commodities; cenário internacional desfavorável, principalmente a crise na Argentina; e a conta petróleo ainda deficitária.

No ano, as exportações de produtos básicos recuaram 3,1 por cento, para 109,5 bilhões de dólares, enquanto as vendas de manufaturados recuaram 13,7 por cento, para 80,2 bilhões de dólares e os embarques de semimanufaturados recuaram 4,8 por cento, para 29,06 bilhões de dólares.

Em dezembro, o saldo ficou positivo em 293 milhões de dólares, resultado abaixo do esperado em pesquisa da Reuters cuja mediana de 13 projeções apontava expectativa de superávit de 500 milhões de dólares em dezembro.

(Reportagem de Nestor Rabello)

 
Contêineres no Porto de Santos. 22/02/2013 REUTERS/Paulo Whitaker